Que cidade você quer viver?

Projeto Cidade que Queremos
Parceria entre a Virada Sustentável,  SESC e o instituto Mobilidade Verde
Expedições Urbanas + Jornadas de aprendizagem
02 e 03 de Junho de 2012
SESC Bom Retiro das 10 as 13hs
SESC Pinheiros das 10 as 13 hs
Grátis

O que é?

O projeto  “Cidade que queremos”  incentiva passeios ao ar  livre, que ajudam a colocar as pessoas em contato com seu ambiente urbano e com a comunidade do seu bairro com o objetivo de preencher as  lacunas sociais e geográficas criando  espaços para as cidades  descobrir-se.

Todos os passeios do Projeto são realizados de forma gratuita e são liderados por alguém que tenha interesse nos bairros onde vivem, trabalham ou freqüentam. O objetivo é oferecer uma visão mais pessoal sobre a cultura local, a história social e as questões de planejamento e mobilidade urbana enfrentado pelos moradores. Jane Jacobs acreditava firmemente que a comunidade local  entendia  melhor como funciona seu bairro, e o que era necessário para fortalecê-los e melhorá-los. A ideia é oferecer passeios  divertidos, engajados e participativos – todo mundo tem uma história e geralmente  as pessoas são ansiosas para compartilhá-las com outras pessoas.

As cidades são complicadas e resistentes a soluções fáceis, “O Ser humano é em si difícil, e, portanto, todos os tipos de assentamentos (exceto cidades sonho) têm problemas. Cidades grandes têm dificuldades em abundância, porque elas têm  pessoas em abundância. Mas as cidades  não são tão impotentes ao ponto de não saberem combater até mesmo os problemas mais difíceis. “

Sesc Bom Retiro
Agenda do dia 02/06/2012
-das 10h as 13:00h
Alameda Nothmann, 185. Bom Retiro, São Paulo CEP: 01216-000 –
Telefone: 3332-3600

Localizado na zona central da cidade, a região em que se ergue o SESC Bom Retiro tem como maior marca a Estrada de Ferro Santos-Jundiaí, que separa os bairros de Bom Retiro e Campos Elísios, antes formados por chácaras e casas de veraneio da população abastada da capital. O Bom Retiro, nome atribuído ao local pela função que tinha de receber os imigrantes que lá chegavam por via férrea vindos de Santos, foi se transformando, sem, no entanto, ter perdido algumas características originais.

Tem sido local de chegada e residência de diferentes grupos e mantém, até hoje, a capacidade de acomodar os imigrantes. Assim, italianos, judeus e gregos, chineses, bolivianos e coreanos imprimiram à região a característica industrial-mercantil na área da tecelagem. Ali se encontram também diversas instituições culturais, como a Pinacoteca, a Estação Pinacoteca, a Sala São Paulo, as Oficinas Culturais do Estado, Museu de Arte Sacra, Museu da Língua Portuguesa, o Museu da Energia, e educacionais como o Liceu de Artes e Ofícios, Colégio Dom Bosco, Liceu Coração de Jesus e a Faculdade de Tecnologia, entre outros, que são exemplos de instituições de ensino tradicionais do bairro e com reconhecimento em todo o país.

Atividade Cidade que Queremos
– 10:00 horas no Sesc Bom Retiro
– Assistiremos um filme sobre o Bom Retiro e uma introdução sobre o bairro com o Historiador

 Grupos Temáticos
–       Faremos a divisão dos grupos por temas que serão definidos na hora ( Desenvolvimento Urbano, imigração, cultura, mobilidade urbana, verticalização, economia, ocupação do solo, população de rua…)

Mapeamento Coletivo:
mapasColetivos é um projeto sobre qualidade de vida na cidade de São Paulo. Junta cartografia digital, compartilhamento de dados e jornalismo-cidadão.
Qualquer pessoa poderá colaborar no Mapa Coletivo Cicades que Queremos, e também colaborar nos mapeamentos existentes . A plataforma pode ser usada na internet e e nos celulares. mapasColetivos é um espaço para reportar os temas importantes para a sustentabilidade urbana. Áreas Verdes, Mobilidade Urbana, Qualidade do Ar, Água, Acessibidade, Arte e Cultura, Arquitetura e Urbanismo, Educação, Alimentação, Lixo e Reciclagem são temas de nosso projeto.

Ao criar seus mapas você colabora para um retrato mais amplo da cidade de São Paulo. Todos os relatos criados no seu mapa coletivo formam camadas de informação que são dinamicamente atualizadas na página inicial. E também formam sua geografia pessoal, sua atuação no mapasColetivos. As narrativas feitas a partir dos dados mapeados buscam analisar dados, ampliar debate e evidenciar soluções. Todos somos mapeadores e repórteres. O principal conceito é promover o mapeamento coletivo como forma de engajamento dos cidadãos na arena pública.

Queremos proporcionar acesso livre e de qualidade a dados cruciais para os cidadãos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s